O que faz um tecnólogo em construção naval

Os indivíduos mais indicados para a atuação como tecnólogo em construção naval são aqueles que se graduaram em um curso técnico de nível superior na área – existem vários com, em média, três anos de duração – ou engenheiros que queiram mudar de área. Porém, é importante lembrar, especificamente para engenheiros que pretendam mudar de área de atuação, que são necessários conhecimentos técnicos específicos para trabalhar na construção naval, pelo que será interessante haver um investimento em formação complementar.

As principais funções de um tecnólogo em construção naval são a seleção de materiais a serem utilizados na construção de embarcações de pequeno e médio porte, definição da capacidade das embarcações e seleção de tipos de sistemas hidráulicos e elétricos a serem usados.

Em termos de mercado de trabalho existe uma grande demanda e os salários se encontram inflacionados pela falta de mão de obra especializada, especialmente nos grandes polos de construção naval como Santa Catarina e Rio de Janeiro, por exemplo. Além da construção naval ao nível de embarcações de pequeno e médio porte, o mercado é movimentado de forma bastante agressiva pela exploração petrolífera no pré-sal, o que aumenta exponencialmente as hipóteses de quem aposta nesta profissão.

1 Comentário

  1. Eloir

    15 de Março de 2014 às 10:37

    Olá, o Tecnólogo naval pode fornecer ART de construção de barcos até que tamanho, comprimento e potência?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *