O que faz um técnico em automação bancária

Cada vez mais usamos o chamado “dinheiro de plástico”, já que não é seguro andar pelas ruas com muito dinheiro no bolso. Mas eventualmente precisamos pagar uma conta “em espécie”, e quando nossas cédulas acabam, é preciso ir a um caixa eletrônico e sacar nosso dinheiro. São inúmeros caixas espelhados em todos os lugares, de aeroportos e rodoviárias até farmácias e postos de gasolina. O profissional que zela pela instalação e manutenção desses Terminais de Auto Atendimento é o técnico em automação bancária.

Os caixas eletrônicos ou ATMs (Automated Teller Machine) surgiram na década de 1960 e hoje são o principal canal de relacionamento entre os bancos e seus clientes, pelo menos no que tange ao saque de dinheiro. Cada vez mais modernos, demandam alto grau de especificidade técnica para sua manutenção.

Na prática, um técnico em automação bancária trabalha com a manutenção física (hardware) dos caixas eletrônicos, e também com a instalação e atualização dos programas (software), uma vez que os caixas são computadores que incluem partes mecânicas para acesso e distribuição do dinheiro, bem como acomodação dos envelopes depositados.

Salário inicial
Em média entre R$ 1.000,00 e R$ 1.500,00.

O que estudar?
Existem poucos cursos técnicos voltados exclusivamente para a automação bancária, por isso as empresas procuram profissionais que tenham cursado Eletrônica, Informática e até mesmo Mecânica, tanto a nível técnico (cursado junto ao ensino médio) quanto tecnológico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *