O que faz um produtor musical

Embora muitas pessoas confundam a função do produtor musical com a do empresário artístico, a diferente entre ambos é bastante simples. Enquanto a função do empresário é fazer a divulgação do músico (vendendo shows, negociando aparições na televisão, fazer contato com gravadoras, etc.), o produtor musical é o responsável pela qualidade na gravação do material do músico. Assim sendo, o produtor musical pode ser contratado pelo artista ou por uma gravadora e as suas responsabilidades são os aspectos práticos, criativos e de qualidade do material áudio que será produzido.

A função do produtor musical é cuidar da engenharia da gravação, como a seleção do estúdio e do material mais adequado para ser utilizado, tendo em conta o tipo de música que será produzido, e pode, ainda, contemplar os aspectos práticos do aluguel do estúdio, contratação de músicos e afins.

Existem cursos superiores de tecnologia que capacitam profissionais para atuarem como produtores musicais, o que é definitivamente essencial, dado que para se ser responsável pela engenharia da gravação é necessário possuir conhecimento específico sobre som e ainda mais sobre música.

Algumas pessoas têm a ideia de que o produtor musical tem vindo cada vez mais a perder espaço, dado ao grande acesso aos meios de produção musical através de software especializado que vem sendo disponibilizado online. No entanto, o produtor musical é um profissional especializado que, ao contrário de um software, tem experiência e conhecimento acerca do mercado e pode efetivamente ser uma grande mais valia para um músico que pretenda se lançar no mercado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *