O que faz um procurador-geral da República

O cargo de procurador-geral da República é um dos mais importantes dentro do cenário político do Brasil. Essa pessoa é responsável pela chefia do Ministério Público e ainda é procurador-geral Eleitoral, atuando também no Supremo Tribunal Federal. Esse político é nomeado pelo presidente da República, mas para que o procurador possa atuar é necessária a aprovação do Senado Federal.

Para exercer esse cargo é necessário ser formado em Direito e já atuar na área política em algum cargo relacionado ao Executivo. Em muitos casos o procurador-geral começa em cargos como deputado ou senador e com o tempo vai conquistando novos eleitores e se candidatando a novos cargos. Há abertura de concurso público para esse cargo quando não há candidatos qualificados no meio político.

A última atualização de salário do procurador-geral do Brasil foi de um aumento para 28 mil reais por mês. Apesar do salário atrativo, as atribuições desse político são muitas e envolvem muito dinheiro do país. Além disso, seus posicionamentos são cruciais para a aprovação ou rejeição de leis.

Diferente dos demais cargos do Poder Executivo, o procurador-geral da República possui autonomia para dar abertura à ações e inquéritos que envolvam crimes relacionados ao mau uso do dinheiro público ou que resultem em contravenção.

2 Comments

  1. Erico Estisse

    29 de Abril de 2015 às 8:30

    Explicaçao interessante…
    Precisamos quando se tratar de esclarecimento das funçoes sejam elas quais forem,mais detalhes…

  2. Renato Losa

    8 de julho de 2016 às 9:47

    Mas o PGR não é um político,ele é membro do Ministério Público

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *