O que faz um neurocientista

A área de pesquisa médica cresceu muito e a cada dia cresce mais. E é justamente nos centros de pesquisa que encontramos os neurocientistas.  Esses profissionais precisam de uma especialização específica na área para poderem atuar de forma ampla, não somente em laboratórios, mas também em universidades e indústrias biomédicas.

Para se tornar um neurocientista é necessário muito estudo e dedicação. Como essa especialidade ainda não é oferecida em faculdades, você deverá começar por uma graduação em área correlata. Para entrar nessa área da saúde, você deve concluir um curso de nível superior em Medicina, Biologia ou Psicologia. O curso deve ser escolhido de acordo com a sua afinidade e o objetivo que você deseja atingir. Logo após a graduação, é necessário fazer uma especialização em Neurociência. É muito importante que você tenha boa capacidade matemática, além de interesse por química e biologia.

A média salarial de um neurocientista é 5 mil reais por mês. Para quem inicia na área, o salário pode ser por volta de 2 mil reais, mas os mais experientes podem ganhar até 8 mil. O segredo para conseguir se destacar na área é ser um profissional completo, que possua vasto conhecimento e esteja sempre se informando sobre as novidades da neurociência. A carga horária é de 8 horas diárias, podendo haver o regime de escala em algumas empresas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *