O que faz um médico legista

O médico legista é o profissional que irá usar os seus conhecimentos para ajudar na resolução de um julgamento, sendo totalmente neutro no resultado final do mesmo. Ele examinará o corpo de delito das vítimas, informando o que pode ter resultado nos fatos ocorridos, como a morte, machucados, etc.

As principais atividades de um médico legista são: exame do corpo de vítimas vivas ou mortas, exame de ferimentos e elaboração de laudos com a conclusão dos exames.

Existem diversas áreas em que um médico legista pode atuar, como antropologia, toxicologia, sexologia, criminologia e asfixiologia. É fundamental que o médico legista tenha algum conhecimento jurídico para poder compreender a importância de uma prova durante o processo, e dessa forma ser o mais correto e ético possível.

Para se formar como médico legista, é necessário se graduar em Medicina, o que dura aproximadamente 6 anos, e buscar uma pós-graduação na área. Após se formar, é possível prestar concurso público para trabalhar no maior órgão legista, o IML. Também é possível trabalhar prestando assessoria a advogados.

Como as vagas em concursos são bastante limitadas, é preciso estar atento e estudar bastante para conseguir passar para o IML. Esse cargo é de grande responsabilidade e exige muita concentração e certeza na hora de entregar um laudo.

1 Comentário

  1. Pollyana souza

    7 de Janeiro de 2016 às 12:51

    Adoraria ser uma medica legista nao tenho medo de ver sangue e nem nada e tam bem nao sonho com essas coisas pois sim sou muito corajosa e queria saber onde tem faculdade pra que eu posso se formar e se especializar… Obrigada pela sua atençao ate mais…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *