O que faz um matemático

Embora muitos acreditem que quem cursa matemática tem apenas a opção de se tornar professor, a verdade é que dependendo do tipo de graduação e dos interesses pessoais de cada indivíduo as possibilidades são bastante variadas. Existem duas vias de graduação no estudo da matemática, a licenciatura e o bacharelado.

Na licenciatura o graduado tem como saída profissional o magistério, sendo que pode ministrar para o ensino fundamental e para o ensino médio. Caso o licenciado decida investir em pós-graduações há a possibilidade de ser professor também ao nível universitário.

Por outro lado, no bacharelado o graduado tem um amplo leque de saídas profissionais, podendo, inclusive, trabalhar em órgãos públicos. Assim sendo, um matemático tem a possibilidade de trabalhar como professor, investigador e em outros cargos onde seja possível aplicar a matemática, como é o caso da engenharia, bioquímica, economia, estudo do clima, biologia, marketing, sociologia e logística, por exemplo.

Relativamente ao mercado de trabalho os licenciados em matemática têm uma grande vantagem, dado que o ensino público tem sempre falta de professores desta disciplina. Além disso, para aqueles que desejam seguir a via de ensino ao nível universitário existem boas notícias, dado que a demanda é maior do que o número de profissionais habilitados ao magistério universitário todos os anos. Adicionalmente, há uma demanda crescente de matemáticos para o ramo da investigação e coordenação de pesquisa multidisciplinares.

3 Comments

  1. Matheus

    8 de outubro de 2013 às 21:38

    tirei minhas dúvidas, também achava que matemáticos tornava-se somente professores. vlw!

  2. Thays

    11 de Janeiro de 2014 às 12:32

    Legal a Opção de Bacharelado.. Considero a Matematica a Profissão do Futuro !!!

  3. Paulo Araujo.

    23 de Janeiro de 2016 às 17:08

    Embora o salário seja baixo, não vejo melhor necessidade de saber Matemática a não ser ensinar, ou seja, para exercer o magistério. Desde criança, quando se tem tendência à Matemática, a primeira coisa que se pensa é em poder usá-la, da melhor forma possível, para ensinar a algum amigo necessitado ou a alguma menininha que se quer namorar. A partir daí, e com a maturidade, nota-se que poderia progredir nos estudos para ser um professor. Hoje em dia, devido ao baixo salário, as pessoas preferem se formar em coisas que não gostam tanto, mas fogem do magistério. Infelizmente é assim no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *