O que faz um engenheiro físico

O engenheiro físico é normalmente associado às tecnologias mais avançadas, sendo por vezes citado como o profissional que domina os conhecimentos técnicos e científicos do futuro.

Para trabalhar como engenheiro físico é preciso, necessariamente, ter graduação nessa área e, tendo em conta que o campo de atuação desse ramo da engenharia é bastante amplo, as pós-graduações, mestrados e doutoramentos são essenciais para adquirir conhecimento específico mais aprofundado.

Os campos de atuação de um engenheiro físico são a fusão nuclear, em âmbito de investigação; as tecnologias nucleares, que prima pelo desenvolvimento de processos para a produção de energia nuclear e métodos de proteção contra a radiação; a optoeletrônica, que está ligada ao desenvolvimento de fibra óptica; a energia, que está ligado ao desenvolvimento de formas de aproveitamento de energias renováveis; a nanotecnologia, que tem como função a produção de circuitos integrados, transdutores e sensores para serem aplicados na informática e não só; entre vários outras áreas de atuação.

Assim sendo, um engenheiro físico é um profissional que tem uma área de atuação abrangente, tendo inserção no mercado de trabalho tanto no setor público como no setor privado. Sendo que as suas funções dependem totalmente da área de atuação escolhida.

Além do conhecimento específico adquirido na graduação, um engenheiro físico deve dominar o inglês e a informática, dado a natureza do seu trabalho o contato com computadores é constante e para uma manutenção dos seus conhecimentos, conhecer a língua inglesa é imprescindível, uma vez que grande parte das publicações de interesse para essa área é estrangeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *