O que faz um engenheiro de utilidades

Para atuar como Engenheiro de Utilidades é necessário que o indivíduo tenha formação superior na área de Engenharia, de preferência Engenharia Elétrica, Civil, Mecânica, Química ou Metalúrgica. Possuir registro no CREA também é essencial.

Entre as atribuições que o cargo de Engenheiro de Utilidades pode ter estão a gestão de projetos; a manutenção de instalações industriais, de tratamento de água, de tubulações hidráulicas, de transformadores e de instalações prediais; a gestão de contratos; a análise de serviços na área de utilidades, buscando sempre conseguir o melhor custo/benefício para a empresa; a gestão de custos; a organização de documentos; a otimização de processos; a realização de interface com outras áreas da empresa para com vista a melhora e modernização da empresa; o monitoramento de instalações na área de utilidades; e a manutenção de projetos de acordo com as determinações da empresa.

Experiência prévia nas áreas de obras e/ou utilidades, fluência em Inglês, conhecimentos avançados do pacote Office, fortes aptidões técnicas, forte habilidade de negociação e foco em resultados são características consideradas uma grande mais valia para o desempenho de Engenheiro de Utilidades. Em termos salariais, a remuneração de um Engenheiro de Utilidades é, em média, R$ 5.000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *