O que faz um analista de fidelização

O cargo de Analista de Fidelização pode querer indicar o profissional que trabalha em uma empresa de telecomunicações interagindo com clientes e pondo em prática estratégias de encantamento e fidelização prevenindo assim que o cliente se desvincule da empresa. Por outro lado, o cargo de Analista de Fidelização pode querer também indicar o profissional que planeja, coordena e controla ações de fidelização e encantamento, analisando indicadores de retenção, revendo e implementando estratégias de atendimento com vista a reter clientes. Por isso, a formação necessária para atuar como Analista de Fidelização depende fundamentalmente das funções que o indivíduo desempenhará.

Empresas que buscam profissionais para interagir com clientes e por em prática estratégias de fidelização procuram pessoas que tenham ensino médio completo, a quem fornecem formação no local de trabalho, para trabalhar de acordo com as normas da empresa para a fidelização de clientes.

Já empresas que buscam indivíduos para analisar indicadores de retenção e planejar, coordenar e controlar ações de fidelização e encantamento pretendem contratar profissionais que tenham formação de nível superior em Administração, Relações Públicas ou Marketing, pois têm em vista um Analista de Fidelização que irá atuar de forma mais independente.

O salário de uma Analista de Fidelização depende fundamentalmente da sua formação. Se o profissional tiver apenas o ensino médio, a remuneração não ultrapassa os R$ 1.500.00, por norma. No caso de indivíduos que tenham graduação, o salário normalmente varia entre R$ 2.000,00 e R$ 3.000,00.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *