O que a rainha da Inglaterra faz?

A Rainha Elizabeth II nasceu em 21 de Abril de 1926, em Londres, sendo a primeira filha do Príncipe Albert, Duque de York, e sua esposa Lady Elizabeth Bowes-Lyon. Tornou-se Rainha aos 25 anos, e tem reinado por mais de cinco décadas de grandes transformações sociais e desenvolvimento. Ela é casada com o Príncipe Philip Mountbatten, Duque de Edimburgo e possui quatro filhos e oito netos.

A Rainha é Chefe de Estado no Reino Unido, como uma monarquia constitucional, sua majestade não regra o país, mas cumpre importantes cerimônias e papéis formais ligados ao Governo. Ela também é Fonte da Justiça, Chefe das Forças Armadas e possui importantes relações com Igrejas estabelecidas na Inglaterra e Escócia.

Alguns deveres da rainha são públicos, como cerimônias, recepções e visitas pelo Reino Unido ou exterior. Dentre as tarefas não públicas estão, ler cartas do público, papéis oficiais e notas informativas; audiências com ministros ou embaixadores; e reuniões com seus Secretários Privados para discutir negócios diários e planos futuros. A Rainha também se encontra com pessoas que ganharam prêmios em uma variedade de campos, como literatura ou ciência.

A cada alguns meses, ela e o Duque de Edimburgo convidam uma dezena de pessoas de variados históricos para um almoço informal. Ocasionalmente, a lista de convidados consiste de poucas pessoas, como um recém nomeado ou governador geral aposentado, além de seus convidados.

Elizabeth II apoiou o fim da regra da primogenitura masculina, permitindo que o filho mais velho assuma o trono independente de seu sexo. A Rainha também introduziu várias reformas à monarquia. Em 1992, se ofereceu para começar a pagar imposto de renda e ganhos de capital, ela abriu suas residências oficiais para o público a fim de financiar suas manutenções.

1 Comentário

  1. Jorge Bernardini serafim

    3 de setembro de 2014 às 11:33

    o Executivo executa o orçamento aprovado pelo legislativo no ano anterior
    e pode gastar como verba de gabinete o valor aprovado pelo legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *