Denunciar corrupção

A corrupção é considerada o segundo mais sério obstáculo ao desenvolvimento no Brasil (perdendo apenas para a carga tributária), segundo o estudo “Corrupção no Brasil – A perspectiva do setor privado“, realizado pela Transparência Brasil e publicado em abril de 2004.

Casos de corrupção, incluindo desvios de dinheiro, pagamentos de propina e fraudes em licitações podem ser denunciados para veículos de comunicação grandes e politicamente independentes, como os jornais Folha de São Paulo, Estadão, O Globo e Zero Hora.

Denunciar por meio da imprensa, tornando público o caso de corrupção, é a maneira mais rápida e eficiente de chamar a atenção da sociedade e das autoridades competentes para o problema e garantir que ele receba a atenção merecida.

Outra opção é apresentar sua denúncia para a Controladoria-Geral da União (CGU) por meio do próprio site da instituição. A denúncia também pode ser enviada à CGU por correspondência ao endereço: Controladoria-Geral da União, SAS Qd.1, Bloco “A” – Edifício Darcy Ribeiro – Brasília (DF) CEP 70070-905.

Também é possível encaminhar sua denúncia de corrupção diretamente ao Ministério Público Estadual correspondente, o que pode ser feito através do site Não Aceito Corrupção.

A OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) permite o envio de denúncias pelo site Observatório da Corrupção, onde a instituição acompanha e pede celeridade no julgamento de processos que tratem de desvio de dinheiro público.

Lembre-se de que para ser investigada e levada a sério, toda denúncia deve ser feita com fundamentação mínima, portanto é importante reunir documentos, fotos, vídeos e materiais que ajudem a comprovar os fatos denunciados.