Como parar de roncar

Normalmente causado por problemas respiratórios que implicam na obstrução parcial das vias nasais durante o sono, o ronco é um problema enfrentado por cerca de 40% dos homens e 25% das mulheres.

Vários fatores influenciam a propensão ao ronco, entre eles: alergia, obesidade, envelhecimento e estilo de vida.
Para controlar o problema causado por alergias respiratórias crônicas, o uso de descongestionantes antes de dormir pode auxiliar. Para um tratamento mais eficaz recomenda-se a procura de um médico especialista.

Em relação ao estilo de vida, a perda de peso aliada a prática de exercícios físicos e consumo de alimentos saudáveis combatem a obesidade e, consequentemente, o ronco se estimulado por esse fator.

Não consuma bebidas alcoólicas antes de dormir, pois estas podem provocar um relaxamento dos músculos da garganta que aumenta a intensidade do ronco ao longo da noite. O hábito de fumar também não é recomendado, pois o cigarro pode causar inflamação da úvula – “campainha” e dos tecidos da faringe, representando mais um fator que prejudica a passagem do ar na região da garganta. Essas substâncias também são conhecidas por contribuírem para a apneia (interrupção da respiração durante o sono) que está associada à doença cardiovascular.

Aumente a umidade do quarto através de umificadores e prefira dormir de lado. Elevar a cabeça na hora de dormir também ajuda a diminuir a pressão sobre as vias aéreas, facilitando a respiração e reduzindo o ronco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *