Como meditar

A prática da meditação vem sendo desenvolvida desde tempos remotos e está representada em todas as grandes religiões do mundo como o budismo, hinduísmo, cristianismo, sufismo, judaísmo, taoísmo, entre outras.

Também na Psicologia, há estudos de que existem muitos benefícios advindos de meditar.

Uma espécie de relaxamento, associado à busca ou não de espiritualidade, encontra-se no meio de dois pólos: a concentração e a contemplação. Em palavras mais simplificadas consiste em colocar toda sua atenção no que está fazendo, se desligar.

Para alguns exercícios simples de meditação para o dia-a-dia, tente relaxar sua atenção. Desenvolva um tipo de atitude alerta, de modo que, sempre que a sua atenção despertar, você possa vivenciar a si próprio.

Pratique e desenvolva-a em tudo que fizer. Ao comer, prove sem pressa, mastigue conscientemente, sinta a textura, a temperatura e o sabor dos alimentos. Ao beber água, sinta o frescor. Durante o banho, deixe os outros pensamentos de lado e concentre-se na água escorrendo sobre a sua pele. Vivencie cada instante, cada gesto, cada reação do corpo e da mente.

Relaxe também seu sistema respiratório. Procure adotar uma posição confortável, apoiando bem os pés no chão e relaxando o resto do corpo. Feche os olhos ou fixe-os em um ponto à sua frente. Pouse suavemente as palmas das suas mãos no seu abdome, abaixo do umbigo, e comece a observar o ar entrando, saindo, entrando. Desligue-se de todos os outros pensamentos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *