Como evitar um aumento de aluguel?

A primeira coisa a se fazer é verificar se o locador é permitido por lei de realizar o aumento. Averigue as leis de arrendamento locais, e procure em seu contrato cláusulas sobre quando e por quanto os aumentos podem ocorrer.

Outra maneira muito comum de evitar o aumento do aluguel é através de uma simples conversa entre inquilino e locador, pois se você for um bom cliente, pagando nas datas certas ou de modo adiantado, não causando confusões ou degradando a propriedade, muito provavelmente o arrendador não vai querer perder você, assim o aumento de aluguel pode ser retido ou diminuído. Pode-se oferecer também de pagar mais de um mês adiantado, por exemplo três meses, ou a ajudar com tarefas de reparo e manutenção, como pintura, jardinagem, serviços elétricos etc.

Outra alternativa seria avaliar a opção de mudar-se para apartamentos com condições menos vantajosas dentro do mesmo complexo. Aproveite também para fazer uma pesquisa sobre o mercado de aluguel local, verifique se o que você está pagando realmente é justo. Confira o que está sendo oferecido para os novos inquilinos, quanto custaria para pintar seu apartamento, trocar lâmpadas, ou fazer qualquer outro reparo que exigiria mudanças no valor do aluguel de modo cobrir tais despesas, incluindo o custo de anúncios e apartamentos desocupados. Use todos esses argumentos para negociar com o estipulador de preço.

Assinatura de contratos de longo termo também podem prevenir o locador de aumentar o valor do aluguel. Por fim, examine se outros inquilinos também sairiam do local em caso de aumento do valor do aluguel, assim você terá mais poder de argumento em números.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *