Como evitar estrias na gravidez

Estrias ou cicatrizes de coloração branca que permanecerão por toda a vida são muito frequentes no corpo das mulheres durante a gravidez.

As marcas geralmente aparecem nas mamas, coxas, quadris, abdômen e nádegas, e chegam a afetar mais da metade das gestantes. As cicatrizes surgem quando a pele estica demais e as suas estruturas (colágeno e elastina) não conseguem suportar a pressão.

Durante a gravidez, costumam surgir a partir do sexto mês e as principais causas estão ligadas a predisposição genética e o ganho excessivo de peso.

Para evitá-las, recomenda-se uma dieta balanceada evitando ganho de peso além do necessário para o desenvolvimento do bebê. O uso de cremes e a ingestão de pelos menos 2 litros de água por dia para manter a pele sempre hidratada e mais resistente ao processo de esticar também é outro forte fator de prevenção.

Produtos que possuem óleo de amêndoas, semente de uva, abacate ou macadâmia em sua composição são os mais recomendados, pois ajudam a manter a elasticidade da pele. Use sutiãs com alças e bojo reforçados, que dão sustentação aos seios e calcinhas de modelos feitos especialmente para gestantes, com cintura alta e que dêem maior resistência à pele do abdômen.

Finalizada a fase de amamentação, pode-se ainda avaliar técnicas para reduzir os sinais adquiridos. Aplicações de laser ou peelings químicos podem amenizar o problema.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *