Como adotar um bebê

Muitas pessoas carregam consigo o sonho da paternidade/maternidade. Quando o filho biológico não vem, ou a vocação extravasa para a proteção e cuidado de crianças provenientes de outros ventres, dá-se a isso o nome adoção.

Para adotar um bebê ou uma criança no Brasil, é preciso aguardar em uma lista de espera. Para ter o nome introduzido na lista, o primeiro passo é dirigir-se a Vara da Infância e Juventude mais próxima com carteira de identidade e comprovante de residência.

Na sequência, será agendada uma data para uma entrevista com o setor técnico responsável. Você receberá a lista dos documentos que precisará para dar continuidade ao seu processo de adoção e preencherá uma ficha em que poderá selecionar o tipo físico, idade e sexo da criança.

Se a sua ficha for aprovada, significa que você entrou para a lista dos aptos a adotarem. Quanto menor o número de restrições, menor será o tempo de espera pelo filho desejado.

Além de um ato caracterizado como nobre, a adoção é também uma questão de ordem jurídica. Para tentar facilitar o entendimento do processo, esclarecer e explicar diferentes casos de adoção, guarda ou tutela, a Associação dos Magistrados Brasileiros, disponibiliza para download um Manual de Adoção.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *