O que faz um roteirista

O roteirista é o profissional que escreve roteiros, seja para cinema, teatro ou televisão. Apesar de não existir nenhuma formação que seja exigida para o exercício da profissão, o indivíduo que deseja ser roteirista necessita compreender que o domínio da língua é essencial para escrever um bom roteiro.

Além disso, o conhecimento de outros idiomas, uma ampla cultural geral e experiência no veículo para onde vai escrever o roteiro são diferenciais que podem ajudar bastante. Não é à toa que muitos roteiristas enveredam por essa profissão depois de obter graduação em cursos como teatro, cinema, jornalismo e letras.

Esse profissional pode trabalhar por conta própria ou sendo contratado por uma empresa de audiovisual. A principal função de um roteirista é adaptar e criar histórias ou sequências de acontecimentos para serem utilizados em cinema, teatro, televisão e outras empresas especializadas em produções audiovisuais.

O indivíduo que pretende ser roteirista deve considerar que algumas características são bastante importantes para o sucesso nessa profissão, tais como: perseverança, facilidade comunicação, interesse pelas interações propiciadas pela natureza humana, flexibilidade, senso crítico, estético e artístico, ousadia, dinamismo, criatividade, conhecimento artístico e literário e, acima de tudo, um grande amor pela arte. Isto, porque essa profissão é bastante exigente e para se ter sucesso é necessário que a pessoa não desista nas primeiras tentativas. Fazer carreira como roteirista pode ser muito difícil, mas o mercado de trabalho abre as portas para todas os profissionais que se mostrem qualificados para exercer essa função.

1 Comentário

  1. Ernesto pitete

    27 de junho de 2014 às 10:22

    Quero ser um roterista o que faço?

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>