O que faz um operador petroquímico

A cadeia de produção do petróleo é enorme, e vai desde a perfuração de campos de petróleo, em alto mar ou em terras áridas, até a gasolina distribuída aos carros nos postos de combustível. O operador petroquímico é um elo importante desta cadeia.

O operador petroquímico é o responsável pela interpretação dos instrumentos utilizados para medir as variáveis nas unidades de tratamento de petróleo e seus derivados. Entre as variáveis estão vazão, temperatura e pressão, e estão dispostas nos painéis de controle que ele maneja. Ele também coleta e identifica amostras de produtos, para análise posterior e registro dos resultados. O profissional também identifica causas de mal funcionamento nos equipamentos, faz o registro das manutenções preventivas ou corretivas e ainda cuida dos despejos industriais e da água utilizada nos processos, evitando danos ao meio ambiente.

Desse profissional espera-se um bom relacionamento com seus colegas, uma vez que ele fará parte de uma cadeia de produção muito maior, que depende para seu bom funcionamento do alinhamento entre as partes. Além disso, o constante aperfeiçoamento garante ao profissional uma excelente colocação dentro desse ramo de atuação.

Salário inicial
Em torno de R$ 1.300,00.

O que estudar?
Além do ensino médio é necessário um curso técnico com ênfase em química. Em cidades com vocação para industria petroleira escolas do governo oferecem cursos de ensino técnico específicos para essa indústria, alguns deles voltados à área petroquímica.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>