O que faz um operador de monitoramento

A tecnologia permitiu avanços consideráveis no que tange a segurança patrimonial. Residências possuem sistemas complexos que incluem circuitos fechados de TV e diversos alarmes com sensores de presença. Veículos, de pequeno ou grande porte, são equipados com GPS, e podem ser encontrados em caso de roubo. Empresas de segurança oferecem e manejam essas facilidades, vigiando nossas vidas à distância, garantindo que receberemos ajuda caso algum incidente aconteça.

Cabe ao operador de monitoramento analisar as informações disponibilizadas seja pelas câmeras de segurança residenciais ou pelos aparelhos instalados por veículos roubados. Ele trabalha diretamente com computadores que recebem as informações transmitidas, auxilia os seguranças da empresa de vigilância com informações como um alarme residencial violado, e pode até mesmo chamar a polícia em caso de invasão ou roubo.

A profissão exige alto grau de atenção, capacidade de ler e manejar as informações fornecidas pelos sistemas, e agilidade na resposta, quando necessária. Trata-se de um ramo promissor no mercado de trabalho, cada vez mais necessário na medida em que a violência toma conta das grandes cidades. Como o serviço funciona 24 horas por dia, a disponibilidade de horário é requerida.

Salário inicial
Para profissionais de nível médio, sem qualificação alguma, o salário varia entre R$ 700,00 e R$ 900,00. Empresas que exigem cursos profissionalizantes costumam pagar em torno de R$ 850,00 e R$ 1.200,00 para profissionais recém-formados, variação que depende do porte da empresa.

O que estudar?
O Ensino Médio é requisito básico, bem como cursos de operação de computadores. É um diferencial curso de operador de monitoramento, oferecido por empresas especializadas em formação profissional ou em vigilância e segurança patrimonial.

9 Comments

  1. SONIA MARIA STABELIN

    9 de fevereiro de 2013 às 12:47

    Estou me preparando para exercer uma função que exige algum conhecimento nesta área. Por isso gostaria de DICAS E INFORMAÇÕES SOBRE O CURSO DE OPERADOR DE MONITORAMENTO, OBRIGADO PELA ATENÇÃO.

  2. Alexandre

    22 de março de 2013 às 16:03

    Qual o CBO da Função Auxiliar de Monitoramento que não estou conseguindo localizar.

    A Função a ser registrada é esta mesmo?

    Aguardo retorno … Obrigado

  3. TAME

    10 de abril de 2013 às 18:24

    Gostaria de saber qual o CBO para a função de auxiliar de monitoramento ( monitorar os rastreadores dos veículos da empresa – frotas) , onde os supervisores que estão lotados em várias regiões de são paulo usa veículos da empresa.

  4. Paulo Gonçalves

    11 de maio de 2013 às 5:17

    Faço patrulhamento com moto e carro e minha função na carteira de trabalho está “agente de atendimento de ocorrencias “existe essa profissão?

  5. carem

    23 de julho de 2013 às 18:52

    Ola ! alguém sabe o CBO do operador de monitoramento ?

  6. Daniele chagas

    3 de outubro de 2013 às 21:31

    Tenho interesse em fazer um curso de monitoramento, poderia por favor me indicar uma instituição que ensine esta modalidade. Grata pela atenção!

  7. Claudia Pimentel

    10 de outubro de 2013 às 9:47

    Bom dia,

    Muito interessante este site não tinha conhecimento então pesquisando no google surgiu e parabenizo a toda equipe. Temos tambem dúvidas sobre o cbo de operador de monitamento, estamos implantando este setor na empresa e pretendemos contratar um Operador para monitorar nossa frota.
    Claudia Pimentel Manaus-Am

  8. Rafael Celestino

    7 de maio de 2014 às 18:41

    Gostaria de saber qual o sindicato que representa os operadores de monitoramento. Se é o mesmo do Sindicato das Empresas de Sistemas Eletrônicos de Segurança? No aguardo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>