O que faz um juiz federal

O juiz federal, antes de mais nada, é um juiz de direito que atua em âmbito federal – ele é responsável por julgar casos judiciais e conciliar as partes envolvidas nestes casos.

Além disso, este profissional também se dedica a estabelecer a ordem pública, examinando processos e proferindo despachos e sentenças.

Para tornar-se um juiz federal é necessário, primeiramente, cursar Direito. Após a graduação, é preciso inscrever-se na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e prestar concurso de ingresso na magistratura de juíz.

Além disso, é preciso ter, no mínimo, três anos de experiência em atividades jurídicas.

Senso crítico, responsabilidade, capacidade de reflexão, equilíbrio emocional e sólido conhecimento de leis e da língua portuguesa são algumas das características necessárias para tornar-se um juíz federal.

36 Comentários

  1. Luciana Cavalcante

    8 de maio de 2013 às 12:55

    Alguns podem começar á analisar a gramática de vocês tá meio tenso. rs
    Estou pensando sériamente em seguir por esse caminho, realmente dá um certo receio mas hoje em dia gente, tudo está perigoso, não podemos nos limitar nem abrir mão de um sonho por ‘medo’. Boa sorte á todos!

  2. Thiago

    3 de junho de 2013 às 18:30

    Oi pessoal,

    Eu vi tantos comentários, alguns de gente bem jovem e decidi colaborar um pouco. Respondendo a pergunta da Carol Amanda, existem sim juízes que só julgam “pequenas causas”, são os juízes de Juizados. Na Justiça Federal existem os JEFs – Juizados Especiais Federais – que julgam causas de até 60 salários-mínimos, no entanto, ninguém faz concurso para “Juiz de pequenas causas” só existem 4 concursos para juiz (do Poder Judiciário, digo isso porque existem tribunais administrativos também como o TIT, Carf e Tribunal Marítimo): Juiz Federal, Juiz de Direito (Juiz estadual), Juiz do Trabalho e Juiz Auditor-Militar. Em todos eles se faz o concurso para a função de juiz substituto, ou seja, ao tomar posse você passa a cobrir as licenças, férias, etc dos colegas. Após algum tempo (uns poucos anos, em regra) você passa a ser juiz titular, e vai comandar uma vara. Normalmente a primeira titularidade ocorre em varas do interior nas quais não há especialização temática (ou seja, julga-se de quase tudo: criminal, família, previdenciário, eleitoral, administrativo, etc.), depois de algum tempo o juiz pode assumir uma vara especializada na matéria que mais lhe agrade ou convenha. Existem alguns juízes ameaçados (seriamente) mas a maioria vive uma vida normal, mas não saberia de dizer qual o número de juízes ameaçados, porque não é uma coisa se converse normalmente, ninguém sai contando pra todo mundo que foi ameaçado. Eu sei que a maioria aqui que quer ser juiz tem ainda muito caminho pelo frente em razão da idade, mas é bom começar a corrigir os erros de português! Não tem prova de português pra Juiz, embora os erros descontem pontos, mas o que é pior do que isso é que erros grotescos como eu li aqui pegam MUITÍSSIMO MAL em qualquer ligar, especialmente numa prova da magistratura, então atenção com a LP!

  3. Clesia dos Reis Correia

    15 de outubro de 2013 às 21:33

    Olá!
    Me chamo Clesia, tenho 17 anos. Estou cursando o Ensino médio.O meu maior sonho é ser Juíza Federal, desde pequena eu sonhei exercendo este cargo. Irei cursa Direito. Alguém poderia me informar se para ser Juíza Federal pode ser Delegada antes (durante os 3 anos de experiência).

    Grata

    • Clelio

      28 de janeiro de 2014 às 9:17

      Sim, basta trabalhar três anos como delegada (conta como prática jurídica) e ter a OAB. Outra fica bacana: quando você estiver no quinto semestre de direito, você poderá se inscrever para a prova de estagiário em alguns órgãos. Eu recomendo Ministério Público. Sabia que a maioria dos assessores foram estagiários? Assessor também conta a prática jurídica. Espero ter ajudado.

  4. Mariane Carvalho

    2 de novembro de 2013 às 10:37

    Crianças, sonhos existem para serem alcançados. Mas, para chegar a tal feito, é necessário uma rotina árdua de estudo, algo que, ao longo do caminho faz inúmeras pessoas desistirem por não aguentar o “tranco”. Não basta dizer “meu sonho”, tem que fazer algo para que ele possa realizar-se, e isso não é tão fácil quanto sonhar. E uma dica importante, estudem bastante português, os erros estão horríveis. Boa sorte na escolha!

  5. Eliandro bernabel

    20 de julho de 2014 às 14:07

    Que bom ver nossos jovens sonhando com tal carreira,mas não somente os jovens,eu com quase 30 estou sonhando também.Vou começar a faculdade de direito,com 35 quero estar formado e até meus 45 quero me tornar um juiz federal.sei que a estrada é longa e esburacada,ja fui reprovado em 8 concursos e sei que nada é fácil nesta vida.
    Com força,foco e fé os objetivos serão alcansados.Se alguém puder me dar dicas sobre estágios,como me preparar ,cursos preparatórios,enfim eu agradeceria muito.
    Obrigado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>