O que faz um engenheiro têxtil

Para ser um engenheiro têxtil é necessário ter graduação em engenharia têxtil, que capacita o profissional para atuar na supervisão, coordenação, fiscalização e orientação em confecções e indústrias têxteis em geral.

A engenharia têxtil de subdivide na área mecânica, que lida com a montagem, construção e funcionamento das máquinas envolvidas no processo industrial, bem como o estudo de viabilidade, econômica e técnica, para a implantação de novas indústrias, e na área química, que lida com o tratamento de fibras naturais e a fabricação de fibras sintéticas, sendo o engenheiro têxtil o responsável por todas as etapas da produção industrial.

As principais funções de um engenheiro têxtil se prendem com a pesquisa por matérias-primas, manutenção de máquinas e a gerência da fabricação e tratamento de fibras e fios. Esse profissional prepara relatórios de produção, efetua pesquisa para encontrar e criar novas matérias-primas, cria tabelas de cores e padrões, orienta a instalação e formação para trabalhar com máquinas específicas desse tipo de indústria, supervisiona todas as etapas da produção desde a fabricação da fibra até a produção das peças, controla a produção e a qualidade das matérias-primas e produto final, estuda a viabilidade de implantação de novos ambientes industriais, bem como o tipo de maquinário que deve ser utilizado.

Assim sendo, para ser um bom profissional dessa área é necessário ter uma série de características, entre elas: ter um grande interesse por processos produtivos, interesse por novas tecnologias, criatividade e um raciocínio espacial e abstrato bastante desenvolvido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>