O que faz um assistente social

O Serviço Social é uma profissão interventiva que busca diminuir as disparidades sociais.

Um assistente social atua, através de pesquisas e análises de realidade social, na formulação, execução e avaliação de serviços, programas e políticas sociais que buscam a preservação, defesa e ampliação dos direitos humanos e a justiça social.

O trabalho do assistente social tem como objetivo visar e garantir direitos e assistência para a população desamparada, fazendo isso por meio de políticas sociais, de forma organizada e planejada, lutando contra os problemas das injustiças que podem afetar os desamparados socialmente.

Entre os principais campos de atuação profissional de um assistente social estão:

  • Redes de serviços sociais do governo
  • Hospitais
  • Escolas/creches
  • Centros de convivência
  • Administrações municipais, estaduais e federais
  • Serviços de proteção judiciária
  • Conselhos de direitos e de gestão
  • Movimentos sociais

A profissão é regulamentada no Brasil pelo Conselho Federal de Serviço Social e seus respectivos Conselhos Regionais.

Regularmente são realizados concursos para assistente social para o preenchimento de vagas de emprego em administrações públicas.

973 Comentários

  1. Maria das Neves Marques

    23 de novembro de 2013 às 9:37

    Lendo alguns comentários feito pelos nossos colegas, de fato é bastante constrangedor trabalharmos na assistência, principalmente em cidade de interior sabemos que existe uma série de demandas e muitas ficam a desejar, porque no meu ponto de vista nós como profissionais nunca deveriamos citar essa palavra assistencialismo,mais infelizmente muitas vezes temos que fechar os olhos e ouvidos para não se comprometer diante de tal situação. No entanto eu amo trabalhar na minha área, gosto de trabalhar com pessoas, gosto de interação, me socializar, ver de perto a realidade e levarmos para essas pessoas o direito e dever que elas tem de lutar, e por muitas razões ficamos comovidos sem poder agir como deveríamos, até mesmo ser assistencialismo. Sou Assistente Social comecei este ano. Eu tinha um sonho de exercer nessa área da assistência e graças a DEUS eu consegui e estou muito feliz e espero que todos cumpram o seu papel de poder fazer o melhor para todos que necessitem desses profissionais.

    • Rosana Cristina Brisola

      4 de janeiro de 2014 às 10:13

      Olá Maria.Sou estudante do curso de serviço social e estou no 5º periodo. Assim como voce, eu tambem tenho muita vontade de atuar na área da assistência, quero muito poder contribuir com a população que muito precisa desse tipo de ajuda.
      Estou ansiosa para concluir meu curso e começar a trabalhar, e fazer oque por tanto tempo tive vontade. Um grande abraço.

      • rodrigo

        17 de abril de 2014 às 11:30

        Olá Rosana! Bom dia. Tenho interesse de estudar Assistencia Social, pois me identifico muito com essa area. Vc sabe me informar hoje qual a remuneração de um assistente social

  2. Sara Mendes

    22 de janeiro de 2014 às 16:38

    Oi, me chamo Sara, tenho 19 anos e também estou no 5º período, e estou muito feliz por fazer um curso lindo como o serviço social. Estou fazendo meu TCC na área da educação, mas não tenho uma escolha exata em que área quero atuar, pois qualquer que seja sera muito gratificante.

  3. lucia

    18 de fevereiro de 2014 às 18:31

    sonho em fazer esse curso estou terminando o ensino medio esse ano e em seguida quero entrar pra faculdade e fazer serviço social qual o conselho q me daria?

  4. Idalécia

    19 de fevereiro de 2014 às 13:29

    Qual o papel e que medidas um Assistente Social tem que tomar quando descobre que uma criança é usuaria de Drogas?

  5. geciene

    21 de fevereiro de 2014 às 15:47

    estou entrando na faculdade de serviço social pois trabalho na área de saúde e gostaria de ajudar mais os mais necessitados espero gostar do curso

  6. francico

    12 de março de 2014 às 11:00

    Porque que a maioria das pessoas que atuam nessa área ,São do sexo feminino ?

    • Vania

      14 de março de 2014 às 10:44

      Olá Francisco
      Sim, a grande maioria dos profissionais da área são do sexo feminino. Existe todo um contexto histórico que explica isso. No princípio da criação da profissão, a assistência prestada às pessoas mais necessitadas era praticada por damas da sociedade, juntamente com a Igreja, para amenizarem as mazelas sociais. Desde então criou-se um perfil de que para ser assistente social, deveria se ter algumas características tipicamente femininas, como o cuidado, a delicadeza, o sentimentalismo mais aguçado. Porém, com a oficialização da profissão não demorou muito para surgirem escolas para formação de assistentes sociais masculinos, o que desde então vem desconstruindo esse mito. A prova disso é que existem hoje muitos homens na profissão, desempenhando brilhantemente seus papéis. Acredito que como em qualquer profissão, seja mais uma questão de identificação e de se fazer com prazer aquilo a que se propõe.

  7. Elizete Silva

    13 de abril de 2014 às 18:46

    Olá Vania tudo bem estou terminando o ensino médio esse ano e com fé em Deus já vou começar a faculdade de assistente social e uma coisa que Eu gosto muito de fazer trabalho na comunidade ajudando o próximo e também com os Idosos adolescentes nas escola gosto muito de palestra com fé em deus eu vou conseguir porque tendo fé e foca de vontade nos chegamos lá espero conversar mais vezes vai ser um prazer !

  8. Geovana moura

    15 de abril de 2014 às 8:50

    olá, terminei meu ensino médio agora , e to pretendendo fazer assistente social. Quero muito ajudar as pessoas , e admiro muito os assistente social pois é uma profissão linda ;)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>